Fone: (44) 99859-7080

A Água Ficou Branca, e Agora?

Cinque Terre

A água turva na piscina espanta os banhistas, mas também não é para menos, afinal, o que eles desejam é uma água cristalina e não com aspecto de sujeira. Além de ter o seu visual comprometido, quando a piscina fica nesse estado também oferece riscos para a saúde. Fique atento, pois a água turva indica que algo está causando um desequilíbrio. É necessário, primeiramente, verificar a origem da turbidez, uma vez que ela pode ser provocada por diversos fatores, como um alto nível de bactérias e ações de agentes externos.

 

Há muitos fatores que levam a água da piscina a essa tonalidade. Entre os mais comuns podemos citar problemas com a filtração, presença de algas, detritos naturais, como folhas, e elementos provenientes dos próprios banhistas, como suor, bronzeadores e protetores solares. São motivos que causam o desequilíbrio dos parâmetros de pH. O pH avalia o potencial hidrogeniônico da água e indica o seu nível de acidez, neutralidade ou alcalinidade. O pH da água pode variar de 1 a 14, porém, o ideal para um banho de piscina é entre 7,0 e 7,4.

 

Outro motivo para manter o pH dentro do parâmetro indicado é a desinfecção da piscina. Isso porque o cloro só consegue agir dentro destas condições. Caso a água esteja ácida ou alcalina, a atuação do cloro será interrompida, o que permitirá o acúmulo de resíduos e, consequentemente, a turbidez.

 

 

As causas mais comuns de Água Turva

 

1. Tratamento incorreto da água

 

Tanto a falta quanto o excesso de produtos para tratamento de piscinas, como o cloro, podem acarretar danos à qualidade da água.

Quando contaminada, além de fazer mal para a saúde dos banhistas e danificar equipamentos, a água será morada de bactérias e ficará turva.

 

 

2. Filtro Danificado

 

Conforme é utilizado, o filtro tende a desgastar, entupir ou ficar com sua areia suja, causando a má circulação da água. Quando isso acontece, o filtro não consegue remover as impurezas da água, as quais acarretam turbidez. Sendo assim, é essencial fazer a sua manutenção periodicamente.

 

3. Fatores Externos

 

De nada adianta tratar a água com perfeição se o envoltório da piscina continuar sujo. É bastante comum que detritos como poeira, folhas e insetos caiam na água, se acumulem no filtro e impeçam o processo de higienização, deixando a água turva. Sendo assim, habitue-se a peneirar sua piscina todos os dias, afinal, pequenas atitudes previnem grandes problemas.

 

 

Como se livrar da Água Turva?

 

A presença de água turva na piscina pode ser resolvida por meio de uma limpeza profunda no interior da piscina. Afinal, quando existe o acúmulo de matéria orgânica e outras impurezas, ela também perde a sua cristalinidade e se torna opaca.

 

Para fazer essa manutenção proceda da seguinte forma:

1. Verifique o funcionamento da casa de máquinas;

2. Retire a sujeira do filtro;

3. Retire os detritos maiores do tanque com a peneira;

4. Escove toda a piscina;

5. Use o decantador (clarificante);

6. Aspire o fundo;

7. Meça e corrija o pH e a alcalinidade;

8. Aplique o cloro;

9. Limpe as bordas.

 

Para realizar essa limpeza de forma mais completa, acesse nosso artigo "Como Limpar a Piscina" onde temos o passo a passo detalhado numa linguagem simples para que até mesmo alguém iniciante consiga fazer esse trabalho, não somente profissionais.

 

 

Prevenir é o melhor remédio

 

1. Lembre-se sempre de verificar o sistema de circulação

 

Toda a água do tanque da piscina circula por um grande sistema que envolve maquinários e tubulações, além de filtros. Quando existe algum tipo de problema com essa estrutura é possível que ocorra manifestação de turbidez.

 

Então, uma das alternativas para solucionar a situação é fazer uma checagem em todo o sistema e observar se não há falhas, realizar as manutenções periódicas e mantê-lo funcionando perfeitamente. Também é preciso preservar a sua limpeza para evitar que haja acúmulo e retorno de sujeira para a piscina.

 

2. Faça a lavagem do filtro de areia e, quando necessário, substitua o conteúdo interno para melhor resultado

 

O filtro retém partículas que poderiam deixar a água da piscina turva. Por isso, periodicamente ele precisa passar por uma higienização, a fim de eliminar toda a impureza que ficou presa em seu elemento filtrante.

 

A retrolavagem do sistema ou a substituição do elemento impedem que partículas ou microrganismos retornem para o tanque. Em nosso artigo "Manual Prático dos Tipos de Filtragem de Piscinas" disponível aqui em nosso site você verá como realizar a lavagem de seu filtro de areia, minimizando problemas de turbidez da água. Caso contrário, a vazão da água pode reduzir e fazer com que as máquinas trabalhem sob um esforço extra.

 

3. Mantenha o equilíbrio do pH da água

 

O cloro é indispensável para evitar que a água fique turva. No entanto, a sua ação fica comprometida quando existe desequilíbrio do pH. O ideal é que ele se mantenha entre 7,0 e 7,4.

 

Por isso, uma das formas de acabar com a turbidez é medir constantemente o pH e corrigi-lo quando necessário. Dessa forma, o cloro reagirá com as partículas nocivas oxidando-as e mantendo a água cristalina.

 

 

>> Monte um cronograma para que todas essas tarefas sejam realizadas periodicamente.

>> Evite que sejam necessárias intervenções mais invasivas.

 

Sua satisfação é um orgulho para nós

Entre em Contato

Redes Sociais


© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS À Pattaro Piscinas e Engenharia